Breve momento de pausa para quebrar a rotina...

Autoria de textos e imagens do blog é de momento do café


10
Mar 11

publicado por momento do café às 10:34
Tags/etiquetas: , , , ,

26
Fev 11

Não posso deixar que o sonho incompleto ou não realizado venha lançar-me num estado de desalento e frustração que me liquide a esperança residual. Isso seria deixar morrer a réstia de esperança que me sustém para não soçobrar. Só com a esperança posso atar e desatar os laços da vida que o sonho constrói. É com ela que resisto ao desânimo que o adiamento, o reinício ou a perda do sonho provoca. E mesmo que ténue, é a esperança que impede a cristalização e empurra para a recriação ou a reconstrução do sonho. É a esperança que se opõe ao abandono do sonho e acalenta a exigência da sua reformulação "forçada" para que, reiniciado e tornado concretizável, conceda a oportunidade de acreditar, novamente, na necessidade e na capacidade de sonhar.                                                                                                                                                                                                  

 

 

 

 

publicado por momento do café às 12:26
Tags/etiquetas: , , , ,

17
Fev 11

Na perspetiva da materialização do meu sonho, a imagem mental que eu vou construindo dele não é o decalque fiel dos momentos por que ele passa durante o percurso e desenvolvimento das etapas da sua concretização. Os obstáculos, os desvios, as estratégias de recuo e avanço e, quantas vezes, o apelo à desistência fazem parte do processamento e finalização desse sonho e geram marcas de angústia, impotência, desilusão que me provocam um sequente estado de frustração que pode destruir-me toda a capacidade de lutar pela sua realização ou condicionar-me a possibilidade de alcançar, com sucesso, a meta da sua concretização.                                                                                                                 

 

 

 

publicado por momento do café às 21:51
Tags/etiquetas: , , ,

13
Fev 11

Agarro o sonho que me é intrínseco. Reconheço que não posso impedir que o sonho fuja ao meu controlo porque não depende da minha disponibilidade, da minha persistência e da minha determinação. No sonho, acontecem situações imprevisíveis que, irremediavelmente, interferem e condicionam o encaixe sequencial de todas as etapas da sua construção e pelas quais terá de passar para fazer cumprir a sua realização. Eu não tenho poder sobre essas vicissitudes inesperadas que possam surgir. Eliminá-las, dominá-las, contorná-las ou, tão-somente, desprezá-las são ações que, muitas vezes, estão para além da minha vontade.

 

 

 

publicado por momento do café às 01:04
Tags/etiquetas: , , , ,

08
Dez 10

O Homem não constrói nem segue o sonho como quem encaixa as peças de um puzzle. A montagem do puzzle  abandonada ou incompleta por uma qualquer circunstância impede, apenas, o Homem de contemplar a imagem finalizada e, ocasionalmente, defrauda-lhe a dedicação, o trabalho e o tempo despendidos. É uma decepção que, em qualquer momento, o Homem pode anular. E, sem condicionalismos, pode retomar e finalizar a montagem do puzzle porque depende, simplesmente, do seu querer e da sua disponibilidade.

 

Outros títulos sobre o tema:

ACREDITAR NO SONHO

O SONHO

 

 

 

publicado por momento do café às 10:52
Tags/etiquetas: , , , ,

11
Nov 10

Incompleto, abandonado, irrealizado, o sonho não deixa marcas temporárias como um puzzle inacabado. O sonho não concretizado deixa uma marca inesquecível, parada, à espera que todos os seus passos possam ser recriados ou reformulados para que as peças se reencaixem, se ajustem na construção que se recomeça, se, para tal, houver oportunidade, persistência e força anímica que ajudem o Homem a superar as contrariedades e a acreditar que vale a pena correr atrás do sonho.

publicado por momento do café às 11:57
Tags/etiquetas: , , , ,

30
Jul 10

Seja qual for o sonho que o Homem persegue, é o sonho que o faz avançar na busca da concretização do mesmo. Materializar o sonho é a motivação para viver. Seja o sonho de que índole for, o Homem corre atrás do sonho e do encanto que o instante certo da sua realização encerra. O sonho marca, de várias formas e de modo indelével, o Homem. O sonho deixa gravada aquela emoção que acompanha o momento em que ele se materializa, instante irrepetível, e a sua gravação para memória futura permite recordá-lo tantas vezes... talvez para recarregar o ânimo que conduza à realização de um novo sonho que se persegue.

publicado por momento do café às 11:55
Tags/etiquetas: , , , ,

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Dia Mundial da poesia - Desafio Blogs do Sapo 2011

VISITAS

Obrigada a quem passa pelo momento do café! Comentários e opiniões são bem-vindos!

mais sobre mim
pesquisar
 
DIREITOS DE AUTOR

dir autorpq.png

*Textos e imagens de outra autoria e proveniência publicados neste blog são devidamente referenciados no respetivo post.

Tradutor
Porto e o Douro

...........................................................................

Boa Nova: Farol e mar

Do terraço vejo o mar...

o pôr-do-sol...

20161227_170628.jpg