Breve momento de pausa para quebrar a rotina...

Autoria de textos e imagens do blog é de momento do café


29
Jun 13
publicado por momento do café às 10:00

20
Jun 13

 

publicado por momento do café às 10:00

13
Jun 13

Perfumes de bailarico,

alfazema e manjerico!

Da vida, faço um poema

quando bailo assim contigo!

 

Vamos d' arquinho e balão,

numa dança sentida…

Lá vamos de mão na mão,

dançando na avenida.

 

Santo António casamenteiro,

arranja-me lá um lindo amor…

Mas que tenha muito dinheiro,

e que seja um terno sonhador!

 

Ao Santo António e menino 

com raminho d' açucena,

vamos cantar ao divino

qu'esta noite é de verbena.

publicado por momento do café às 10:00

06
Jun 13

Santo António tem folia

E lá vai pró bailarico.

P'ra viver tanta a alegria

Vai logo dançar contigo.

publicado por momento do café às 16:01

29
Jun 11

publicado por momento do café às 10:15

23
Jun 11

Não há festejos de S. João como no Porto. É genuína a folia popular que se respira pelas ruas da cidade. Um mar de gente desloca-se ao Porto para viver esta festa tão "rapioqueira". Pelas ruas, inala-se o cheiro da sardinha assada e não se recusa uma paragem para comer a sardinhada convidativa. Há tempo para olhar as pequenas bancas de venda com os alhos-porros, os vasos de manjericos e os ramos de cidreira e alfazema que perfumam a noite. Não se resiste à compra, que a noitada de S. João é de negócio para muita gente... Apreciam-se a criatividade e o encanto das cascatas sã-joaninas e procura-se, no céu, uma invasão de balões de ar quente, coloridos e iluminados, que sobem até se tornarem num longínquo pontinho luminoso que fenece entre as estrelas. Com eles, só concorre a luz e a cor do fogo de artifício que ilumina o rio Douro e vem dar mais beleza à festa. E um mar contínuo de gente percorre as ruas ao som ininterrupto da batida ritmada dos martelinhos que se emaranha na alegre miscelânea musical que se ouve e enche a festa que dura até ao raiar do dia...

publicado por momento do café às 23:51

23
Jun 10

Um balão mais cheiinho,

pegou asas e voou...

Muito mais atrevido

mais liberdade ganhou.


Olha p'ra aquela estrelinha,

vive no céu tão sozinha.

Logo um balão arrojado

vai p'ra lá iluminado.

 

 

publicado por momento do café às 10:24

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Dia Mundial da poesia - Desafio Blogs do Sapo 2011

VISITAS

Obrigada a quem passa pelo momento do café! Comentários e opiniões são bem-vindos!

mais sobre mim
pesquisar
 
DIREITOS DE AUTOR

dir autorpq.png

*Textos e imagens de outra autoria e proveniência publicados neste blog são devidamente referenciados no respetivo post.

Tradutor
Porto e o Douro

...........................................................................

Boa Nova: Farol e mar

Do terraço vejo o mar...

o pôr-do-sol...

20161227_170628.jpg