Breve momento de pausa para quebrar a rotina...

Autoria de textos e imagens do blog é de momento do café


16
Jul 09

O louva-a-deus, na sua camuflagem estatutária, com os seus enormes olhos, dotados de uma visão perfeita, em posição de quem contempla, vai observando todos os movimentos ofensivos e defensivos que emergem do universo dos insectos e aracnídeos, de modo a que o seu voo impressionante e o seu mergulho veloz lhe possibilitem o desvio aos ataques desferidos por uma praga de maldizentes que pulula pelo jardim quadrilongo que partilham. Sempre atento, com o seu único ouvido, o ouvido do sennhor, vai escutando e espera o momento mais oportuno para projectar toda a sua agressividade devoradora sobre o insecto que tem como função averiguar as pressões que, alegadamente, ele, louva-a-deus, na missão de protecção ao Mestre Louva-a-deus, praticou sobre outros insectos e aracnídeos, aqueles que buscam factos e avaliam a suspeição que paira sobre o seu venerando Mestre. Mas esses insectos e aracnídeos, portadores de fortes carapaças, imunes a acções e a palavras de coação, reagiram sem receio às ameaças veladas do louva-a-deus. Este, face a denúncias surgidas contra si, sob o rescaldo da sua atitude de pressão e de controlo exercida sobre tais insectos e aracnídeos, quase decapitado e periclitante nas suas altas funções, sentindo-se alvo de um acto inquisitorial pela sua conduta, no melhor estilo louva-a-deus, como um lutador ao nível do Kung-Fu, recorre às suas mandíbulas possantes e busca o afastamento do insecto instrutor que o atirou para a disputa correctiva que enfrenta no jardim quadrilongo, onde as rosas florescem junto ao mar, ali, a oeste da Ibéria...

publicado por momento do café às 14:18

18
Mai 09

O louva-a-deus, aparentemente devoto, parece possuir uma aura que não o deixa ser esquecido ou humilhantemente derrotado. Em contemplação, com cuidado meticuloso, na posição de quem está orando, vai observando todos os movimentos ofensivos e defensivos dos himenópteros, ortópteros saltadores e outros e dos aracnídeos pedipalpos do universo político dos insectos e dos aracnídeos. Protege-se, fica imóvel por longo tempo, confunde todos os outros que pretendem destruir o seu Mestre Louva-a-deus. Atento, com o seu único ouvido, perscruta e sabe esperar. Os seus enormes olhos, capacitados de uma visão perfeita do que se passa em seu redor, permitem-lhe detectar o momento propício para exercer premente influência, com rapidez fatal. Movimenta-se usando a sua camuflagem estatutária que lhe permite objectivar um total exercício de pressão. É um factor importantíssimo a facilidade com que, em combate, faz uso do seu mimetismo e da sua agressividade devoradora para que resulte um controlo apertado sobre uma praga de maldizentes. Predador voraz, na sua missão de protecção ao Mestre Louva-a-deus, o seu voo impressionante dá-lhe a possibilidade de desviar ataques que desferem contra si e, em autênticos mergulhos, pratica actos de pressão sobre as espécies que avaliam as acções de maledicência que pairam sobre o seu venerando Mestre. As suas pernas anteriores muito desenvolvidas, impróprias para a marcha e modificadas em forma de pinças muito eficazes na captura das suas presas, procuram o momento oportuno para actuar, agarrar e pôr termo a todos os processos difamatórios. Mas o pior é quando as suas possantes mandíbulas extensivas, capazes de esmagar as presas, encontram fortes carapaças imunes a acções e a palavras de coação e reagem sem receio a retaliações. Então, quase decapitado pela denúncia dos seus actos no exercício das suas altas funções, acredita nos seus poderes sobrenaturais tão alimentados pelos mitos e lendas dos gregos antigos e como lutador ao nível do Kung-Fu, no melhor estilo louva-a-deus, espera que toda a sua ferocidade, o seu espírito combativo e tenaz sejam recompensados, mais uma vez, pelo exercício de meritocracia do grande Mestre Louva-a-deus.

publicado por momento do café às 00:15

Outubro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Dia Mundial da poesia - Desafio Blogs do Sapo 2011

mais sobre mim
pesquisar
 
DIREITOS DE AUTOR

dir autorpq.png

*Textos e imagens de outra autoria e proveniência publicados neste blog são devidamente referenciados no respetivo post.

Porto e o Douro

...........................................................................

Boa Nova: Farol e mar

Do terraço vejo o mar...

o pôr-do-sol...

20161227_170628.jpg