Breve momento de pausa para quebrar a rotina...

Autoria de textos e imagens do blog é de momento do café


30
Set 10

O encanto e a saudade da viagem realizada juntam-se em Barcelona, porto de partida e de chegada do cruzeiro. Com o horário de avião de regresso a Portugal a condicionar o tempo disponível para visitar Barcelona, torna-se impossível percorrer os inúmeros locais significativos da cultura e da arte que a cidade oferece. Deixado para trás o Porto de Cruzeiros, o rumo é a Praça da Catalunha e, de lá, com uma breve paragem para olhar a Livraria Happy Books, seguir até à Catedral de Barcelona que, por sinal, se encontra em obras que não impedem a visita. Um passeio tranquilo pelas Ramblas, o conhecido e movimentado passeio de Barcelona com tendas de artesanato e de recuerdos onde gente de diferentes nacionalidades se cruza, permite olhar o Mercado de S. Josep de la Boqueria e chegar ao outro extremo para encontrar o Monumento Colón, construído em homenagem ao navegador Cristóvão Colombo. De volta ao ponto de partida, a praça de Catalunha, é agradável desfrutar, novamente, a originalidade de muitas "estátuas humanas" expostas ao olhar e à admiração e solidariedade de quem passa no passeio central das Ramblas. Depois, já no percurso para o aeroporto de Barcelona, resta a oportunidade de lançar o último olhar ao MSC Fantasia.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 09:49

27
Set 10

Quando o MSC Fantasia chegou ao Porto de Cruzeiros de Palma, na ilha de Maiorca, registámos os navios de cruzeiro que lá estavam acostados: o Island Escape, o Navigator of the Seas e o Adventure of the Seas, ambos da Royal Caribbean, e o Costa Concórdia, companhia constante durante grande parte do nosso itinerário.

A visita a Palma pode ser feita em autocarro panorâmico que nos possibilita uma viagem pela cidade, com a passagem pela Catedral de Palma, construção gótica do séc. XIII, e o Palácio de Almudaina, pelo Castelo de Belver, antiga fortaleza gótica e de onde avistamos a baía de Palma e pela Marina. No percurso pelo centro da cidade, podemos reter o encanto das fachadas dos seus edifícios mais antigos e a tranquilidade das suas ruas e praças, numa tarde de Verão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 10:51

25
Set 10

Na Tunísia, Cartago, considerada pela Unesco como Património da Humanidade, impõe uma visita às suas áreas arqueológicas e ao Museu, na Colina de Byrsa. É muito interessante a visita às Villas Romanas que estão situadas no antigo cemitério Púnico. Das ruínas, desfruta-se a magnífica vista que nos oferece o Mar Mediterrâneo. Vale a pena visitar Sidi Bou Said, cidade de pescadores, fundada por árabes da Andaluzia, olhar o colorido do seu artesanato e a beleza das suas casas brancas de janelas e portas azuis. E, porque estamos na Tunísia, sente-se a atmosfera do encantamento que a África (que também é minha) e o Mar Mediterrâneo lhe conferem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 11:57

23
Set 10

Na Sicília, Palermo é uma cidade bem plana e a visita, a partir da Estação Marítima, não é muito cansativa. Na Via Enrico Amari, encontramos o Teatro Politeama (Teatro Garibaldi) e mais adiante, à esquerda, flectimos para seguir pela Via Maqueda. No cruzamento desta com o Corso Vittorio Emanuele, olhamos os Quattro Canti, construções barrocas do séc. XVII, com  destaque para as estátuas das quatro santas de Palermo, Santa Cristina, Santa Ninfa, Santa Ágata e Santa Oliva e das quatro fontes com estátuas alusivas às quatro estações do ano. Mais adiante, seguindo, ainda, pela Via Maqueda, passamos a Fonte da Piazza Pretoria e virando à esquerda, na Piazza Bellini, a visita à Igreja da Matorana torna-se imperdível pela beleza dos seus mosaicos bizantinos do séc. XII. Em frente, fica a igreja de Santa Catarina que é lindíssima. Retornando aos Quattro Canti, também conhecida por Piazza Villena, e tomando o Corso Vittorio Emanuele, situa-se a Catedral de Palermo. Da Catedral, com a fachada exterior tão imponente, fica-nos a imagem do interior singelamente belo. Seguindo pelo Corso Vittorio Emanuele, retemos a imagem da Porta Nova, do Palácio Normanni e da Capela Palatina. Inesquecível é o trânsito caótico de Palermo. É preciso estar atento às scooters que abrem caminho por todos os lados.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 10:00

21
Set 10

Nápoles é a mais movimentada cidade portuária no golfo do mesmo nome e a sua história perde-se no tempo. Os monumentos e os edifícios que enriquecem a história da cidade e a cultura da sua gente conferem-lhe um carácter muito peculiar. A cidade revela um aspecto não muito cuidado das suas fachadas e das suas ruas estreitas, o que poderá chocar qualquer visitante menos avisado. Contudo, Nápoles é assim. Nápoles é genuína. Não se esconde atrás de estereótipos de marketing turístico e apresenta-se tal como é, e nela transparece a maneira de ser e de estar dos napolitanos. Da visita, desde a igreja de San Lorenzo, ao Teatro San Carlo, às Galerias Príncipe Umberto I, à Piazza del Plebiscito, ao bairro residencial de Posillipo, de onde se vislumbra a baía de Nápoles, há muito para recordar. O seu artesanato, muito expressivo e colorido, faz jus à fama e beleza dos seus presépios. Dos seus licores aos seus sabores, Nápoles é uma cidade viva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 11:37

19
Set 10

Sendo Portofino uma localidade frequentada por gente rica e famosa, na sua principal rua comercial, não faltam as lojas de reconhecidas marcas internacionais.

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 11:41

18
Set 10

A viagem de Génova para Portofino exige a paragem em Santa Margherita Ligure onde se embarca no barco que nos leva até à mais bela paisagem da Costa da Liguria. Portofino é uma estância de veraneio frequentada por gente da alta sociedade internacional e por gente famosa do mundo do cinema. Portofino é, simplesmente, inesquecível. Ah! Em Portofino, é imperdível provar o gelado Paciugo. É delicioso. E caríssimo, também.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por momento do café às 12:49

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
17

20
22
24

26
28
29


arquivos
2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Dia Mundial da poesia - Desafio Blogs do Sapo 2011

VISITAS

Obrigada a quem passa pelo momento do café! Comentários e opiniões são bem-vindos!

mais sobre mim
pesquisar
 
DIREITOS DE AUTOR

dir autorpq.png

*Textos e imagens de outra autoria e proveniência publicados neste blog são devidamente referenciados no respetivo post.

Tradutor
Porto e o Douro

...........................................................................

Boa Nova: Farol e mar

Do terraço vejo o mar...

o pôr-do-sol...

20161227_170628.jpg