Breve momento de pausa para quebrar a rotina...

Autoria de textos e imagens do blog é de momento do café


25
Jun 09

Era uma vez uma vespa que fez frente a outra vespa para a eleição de vespa-rainha de um vespeiro. As farpas do seu ferrão procuraram, de forma calculada, dilacerar, desgastar e até destruir a imagem da vespa sua concorrente ao papel de vespa-rainha. Mas no seio do vespeiro, as suas ideias e a sua vontade não foram suficientemente convincentes para congregar, em seu torno, todas as outras vespas daquele vespeiro. E a primeira vespa não conseguiu vencer a segunda. A falha da sua eclosão política no seio do vespeiro onde procurou que a sua pose e a sua persuasão vingassem, colocou-a numa posição constrangedora. Perante a liderança da vespa reeleita rainha do vespeiro, a vespa vencida sempre zumbiu procurando que a sua atitude crítica colocasse os holofotes dos media sobre si. Sim, continuava presente. Claro que todo o seu zumbido ia causando alguns transtornos no vespeiro onde a união era vulnerável em consequência das lutas pela liderança a que, anteriormente, outras vespas mais ambiciosas se dedicaram. A vespa vencida nunca o negara que era pertença do vespeiro, embora o seu zumbido, muitas vezes, fosse divergente da postura de verdade e das estratégias de acção que a vespa-rainha traçara para reorganizar o vespeiro. Mas depressa a vespa vencida esqueceu o seu zumbido discordante e foi-se manifestando, veladamente, gerando uma branda metamorfose na acção, aparentando uma mudança radical na essência conjuntural que patenteara e que fora tão dissonante para que viesse, tão providencialmente, a aproximar-se mais do vespeiro sob a liderança da vespa-rainha sua opositora. Novamente zumbindo, a vespa vencida começou a revelar vontade de envidar esforços em prol do vespeiro, do qual, afinal, sempre fizera parte. Por fim, ei-la reduzida à qualidade da mais comum das vespas. E, para que não abandonasse a sua maturação e a ambição políticas que acabaram adiadas, certamente, precisaria de gravitar mais em conformidade com o vespeiro e à volta da vespa-rainha vencedora. Então, anunciou a sua decisão, colocando-se a jeito para uma hipotética escolha de vespas... e ao serviço do vespeiro, numas próximas eleições.

publicado por momento do café às 00:19

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
19

26



arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Dia Mundial da poesia - Desafio Blogs do Sapo 2011

VISITAS

Obrigada a quem passa pelo momento do café! Comentários e opiniões são bem-vindos!

mais sobre mim
pesquisar
 
DIREITOS DE AUTOR

dir autorpq.png

*Textos e imagens de outra autoria e proveniência publicados neste blog são devidamente referenciados no respetivo post.

Tradutor
Porto e o Douro

...........................................................................

Boa Nova: Farol e mar

Do terraço vejo o mar...

o pôr-do-sol...

20161227_170628.jpg