Breve momento de pausa para quebrar a rotina...

Autoria de textos e imagens do blog é de momento do café


14
Mai 09

A educação estética ultrapassa o conceito restrito de educação artística – visual ou plástica – e, de forma abrangente, inclui todas as formas de expressão. A educação artística deve ser compreendida num sentido mais amplo e como dizia, em 1943, Herbert Read, autor inglês, crítico de arte e defensor do movimento de educação pela arte: ''… não é simplesmente a educação artística como tal, que deveria denominar-se mais propriamente educação visual ou plástica: a teoria que anunciarei abarca todos os modos de expressão individual, literária e poética (verbal) não menos que musical ou auditiva, e forma um enfoque integral da realidade que deveria denominar-se educação estética, a educação desses sentidos sobre os quais se fundam a consciência e, em última instância, a inteligência e o juízo do indivíduo humano''.¹ Ao iniciar o jardim de infância e mais tarde na escola, as actividades de expressão são, fundamentalmente, o início da própria afirmação da criança que, através delas, transmite os seus desejos, as suas tristezas e frustrações, a sua ânsia de viver e de se adaptar, canaliza as suas energias, desenvolve o seu sentido estético e artístico, a atenção, a capacidade de concentração, a socialização e a integração no grupo e desenvolve a sua percepção táctil e a coordenação motora. A expressão plástica  como uma actividade artística deve ser praticada na escola e pressupõe uma área que a educação não pode deixar esquecida. A escola actual não está interessada ou empenhada em formar artistas plásticos, embora não ponha de lado a possibilidade de isso acontecer ou até se permita à descoberta de talentos. O seu objectivo é, apenas, satisfazer as necessidades da criança ou do jovem, permitindo-lhes que desenvolvam esta forma pessoal de expressão, aproveitando a criatividade espontânea. Contudo, a expressão plástica como manifestação de sentimentos, emoções, estados de alma e de afirmação pessoal não pode desprezar a sua dimensão estética.


1.  Duarte Jr., J.-F.: Por que Arte-educação?. Ed. Papiro Editora, Campinas, SP., (p.76, 19ª ed.) "http://books.google.com"

publicado por momento do café às 16:52

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
15
16

19
20
22
23

26
27
28



arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


Dia Mundial da poesia - Desafio Blogs do Sapo 2011

VISITAS

Obrigada a quem passa pelo momento do café! Comentários e opiniões são bem-vindos!

mais sobre mim
pesquisar
 
DIREITOS DE AUTOR

dir autorpq.png

*Textos e imagens de outra autoria e proveniência publicados neste blog são devidamente referenciados no respetivo post.

Tradutor
Porto e o Douro

...........................................................................

Boa Nova: Farol e mar

Do terraço vejo o mar...

o pôr-do-sol...

20161227_170628.jpg